fbpx

Por que comprar um apartamento sempre será um bom negócio?

6 minutos para ler

O mercado imobiliário ainda segue como uma grande opção de investimentos. Conheça cinco boas razões para se programar e comprar um apartamento.

                Decidir onde investir pode parecer uma tarefa árdua. Ainda mais para os que, a custo de muito trabalho, conseguem salvar algum dinheiro por mês. Afinal, você precisa escolher entre as centenas de opções oferecidas por bancos e financeiras, da renda fixa às ações, qual lhe dará maior retorno e com o menor risco. Fique calmo porque, nesse mundo de aplicações, há uma certeza. Embora sejam muitas, para todos os gostos e perfis, nenhuma lhe trará mais benefícios do que o mercado imobiliário. Comprar um apartamento sempre será um bom negócio.

                Apontar as razões não é difícil. Entra ano, sai ano, especialistas e empresários do setor  as vem listando. Os argumentos falam sobre segurança, taxas atraentes e boa valorização dos imóveis para revenda. O momento também é propício, passada as incertezas do período eleitoral e a retomada das ofertas dos apartamentos na planta. O setor voltou a se aquecer e se tornar ainda mais atrativo para os investidores, mesmo os pequenos. A confiança do empresário da construção civil, medido pela Confederação Nacional da Indústria, subiu nos últimos meses, o que poderá significar mais ofertas de imóveis nos próximos meses.

                Caso ainda não tenha se convencido de que adquirir um apartamento é uma decisão certeira, leia na sequência cinco motivos que talvez lhe façam mudar de ideia.

Segurança e valorização

Os imóveis encaixam bem no perfil de quem é conservador nos investimentos, a grande maioria. Isto porquê a valorização é uma constante. Basta observar os gráficos dos institutos de pesquisa, como o da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). O valor dos apartamentos em Belo Horizonte, por exemplo, segundo a Fundação, cresceu em média quase 10% entre 2017 e 2018. Vale ressaltar que a economia do país, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB), só cresceu 1% no período.

Quando você compra um apartamento, que é um bem físico, você também estará avesso a qualquer crise econômica. O dinheiro ali aplicado estará praticamente livre da inflação, já que o seu valor para revenda costuma crescer muito acima dos índices de variação de preço. Mesmo nas crises financeiras e recessões, como a vivida pelo Brasil em 2015 e 2016, o valor dos imóveis saíram ilesos, para a sorte de quem os escolheu como investimento.

Aumento de patrimônio

Comprar um apartamento, uma casa, um lote é uma forma de se constituir patrimônio físico. São bens que a gente consegue usufruir hoje e ainda deixar para quem gostamos. Um lar próprio, não se engane, traz mais do que conforto para uma família. Garante também que filhos, pais, irmãos, velhos e novos amigos tenham um lugar para se reencontrar.

Sobre filhos, um apartamento também pode ser visto como legado. Não sei se você já é pai, mãe ou planeja ter um bebê. Saiba que um imóvel é um grande presente que você deixará quando partir. Servirá como um porto seguro para quando a vida deles, sobretudo financeira, ficar mais difícil.

Saia do aluguel

Pode parecer contrassenso, mas tem muita gente que, podendo comprar um apartamento, mesmo que financiado, prefere continuar pagando o aluguel. Existem até bons argumentos que justifiquem essa escolha. Um deles é sobre a dívida. Eles entendem que é melhor continuar sendo inquilino do que se comprometer com centenas de parcelas, a serem pagas em 20 ou 30 anos.

Sair do aluguel, porém, é mais vantajoso em muitos casos, talvez na maioria deles. Veja bem: a mensalidade do aluguel é bem próxima a de uma parcela de financiamento. Ao invés de pagar por um serviço mensal, ao financiar um apartamento você estará também investindo. Em algum tempo, você terá um patrimônio, que poderá, inclusive, ser vendido. E pela valorização crescente comum a todos os imóveis, essa venda futura será por um valor bem maior do que o seu preço inicial.

Saiba mais sobre as vantagens e desvantagens em financiar um apartamento nesse artigo: SERÁ QUE VALE A PENA FINANCIAR UM IMÓVEL? DESCUBRA AQUI!

Renda extra

Se o aluguel não é problema para você, por talvez já possuir uma casa própria, adquirir um novo imóvel pode ser uma forma de aumentar sua renda. A justificativa está na alta demanda do mercado imobiliário.

Já que existem pessoas dispostas a pagar aluguel – e elas não são poucas, disponibilize o seu novo apartamento e receba, mensalmente, o ganho da locação. Com esse recurso a mais, ficaria mais fácil juntar patrimônio e enriquecer com a sua valorização ao longo dos anos. Você ganharia um bom montante em uma negociação futura.

Essa renda extra serviria até de suporte para os chamados “dias de chuva”. Vai que o desemprego bata à sua porta e a recolocação não apareça tão rápido. Ter um aluguel para receber ajudaria muito.

Crédito facilitado

Os juros no Brasil são historicamente altos. Todo mundo que já precisou pegar empréstimo, entrou no cheque especial ou deveu fatura do cartão de crédito sabe disso. As razões são muitas, que remetem a falhas estruturais de nossa economia. Problemas que não convém discutir aqui. Porém, se há um segmento onde as taxas são relativamente baixas, ele é o de crédito imobiliário.

Os bancos, sobretudo aos vinculados ao Governo Federal, concedem algumas facilidades para quem busca a primeira casa ou apartamento. O próprio uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como entrada já é uma concessão importante.

Sem contar os programas habitacionais. Para quem tem uma renda familiar mensal de até R$ 7 mil, é possível ingressar no Minha Casa, Minha Vida, que chega a oferecer taxas entre 0% e 9,16% ao ano, mais subsídios que alcançam até 90% do valor do imóvel.

Quer conhecer mais sobre o Minha Casa, Minha Vida e entender como ingressar no programa, leia esse artigo: MINHA CASA MINHA VIDA: ENTENDA COMO FUNCIONA O PROGRAMA

Caso tenha alguma dúvida sobre o mercado imobiliário ou queira descobrir qual roteiro seguir para começar a investir, entre em contato com a Meu Primeiro Apê. Estamos à disposição para ajudar.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-