Como financiar um apartamento na planta: saiba por onde começar

Como financiar um apartamento na planta: saiba por onde começar

Quem está à procura de obter economia com a construção de um imóvel, financiar apartamento na planta pode ser considerada com uma excelente alternativa, visto que a compra do bem em construção, geralmente, assume um preço mais em conta.

Ainda assim, há muitos questionamentos acerca do assunto, sobretudo, no que diz respeito ao financiamento de imóveis na planta, bem como os cuidados que é preciso ter no momento dessa aquisição.

Veja a seguir as principais orientações e dicas para você obter êxito com o financiamento de apartamento na planta!

Como financiar apartamento na planta

A pré e pós-entrega são as duas etapas compreendidas no financiamento de um imóvel. No período em que o projeto imobiliário estiver em execução, você ficará encarregado de pagar a entrada da obra.

Em alguns casos, o comprador também fica responsável em quitar taxas atreladas à obra, que estão relacionadas aos juros do financiamento e, podem variar mensalmente conforme o progresso da construção.

Vale mencionar que o pagamento das prestações do financiamento somente deverá ser efetuado após a entrega das chaves.

Quantia de entrada do financiamento

Geralmente, financiar apartamento na planta requer entrada financeira, que fica em torno de 20 a 30% do valor total comprado pelo imóvel. Neste caso, é ideal que você comece a poupar uma quantia para dar de entrada.

Diante desse fator, a depender da construtora imobiliária contratada, se torna possível pagar a entrada de uma só vez, ou em prestações enquanto a obra está em andamento.   

Documentação necessária

Antes de dar seguimento para financiar apartamento na planta, o comprador passa pela pré-análise de crédito. Assim que se obtém aval, ele só precisará assinalar a Promessa de Compra e Venda —  documento que torna o comprador titular dos direitos adquiridos do imóvel.

Com esse documento, por lei, você terá direito em exigir a passagem do imóvel assim que for efetuado o pagamento do valor acordado.

Em seguida, você terá em mãos o Memorial Descritivo do Imóvel. Informações como, por exemplo, revestimentos e metragem, são apresentadas neste documento.

Além desses dados, o memorial descritivo indica o prazo de duração da obra, bem como outras informações de fundamental importância a respeito do que consta no acordo.

Documentos exigidos por instituições financeiras

Os bancos solicitam uma série de documentos àqueles que desejam financiar apartamento na planta, como:

  • RG e CPF;
  • Certidão de nascimento ou de casamento (se for o caso);
  • Comprovante de renda dos últimos três meses;
  • Memorial Descritivo do Imóvel e o contrato assinado adjunto à construtora.

Maneiras de financiar apartamento na planta

Bancos como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, disponibilizam a modalidade de financiar imóveis na planta.

Assim, você tem acesso há duas possibilidades. Uma delas é por meio do Sistema de Financiamento Imobiliários (SFI); a outra, pelo Sistema Financeiro de Habilitação (SFH).

Além dessas formas de financiar apartamento na planta, existem os programas governamentais. O Casa Verde e Amarela é exemplo de um desses programas do governo.

Benefícios em financiar apartamento na planta

Na maioria das vezes quando uma construtora imobiliária inicia alguma obra, esta organização também precisa se financiar.

Dessa forma, o comprador do imóvel que opta em financiá-lo com a construtora, obtém diversas vantagens tendo em vista itens como, taxa de juros, prazos e número de parcelas.

Outro fator benéfico atrelado a taxa de juros, que atrai o contrante a financiar apartamento na planta, diz respeito ao tempo.

Por se referir à aquisição de um imóvel que ainda não existe, muitas construtoras e instituições financeiras reduzem a taxa de juros de modo a compensar o comprador pelo período de espera. 

Há riscos em financiar apartamento na planta?

Ao financiar apartamento na planta, a depender da valorização da propriedade até a sua conclusão, você pode obter economia entre 20% e 50%. No entanto, é de extrema importância se atentar aos riscos advindos dessa negociação.

Em vista disso, há a possibilidade de ocorrer às seguintes situações:

  • A obra apresentar atrasos;
  • Descumprimento (por parte da construtora) quanto ao prazo de entrega;
  • Acabamentos de má qualidade;
  • Paralisação da obra ou cancelamento do projeto;
  • Probabilidade de a construtora declarar falência.

Diante desses riscos, é recomendável pesquisar por construtoras reconhecidas e experientes no mercado imobiliário. Deste modo, avalie, por exemplo, quais obras elas já concluíram e a opinião de seus compradores.

Dicas de como fazer um bom financiamento

Com a finalidade obter êxito na hora de financiar apartamento na planta, confira as dicas essenciais que você deve seguir:

  • Opte por uma construtora séria e reconhecida no mercado imobiliário;
  • Faça inúmeras simulações. Analise as ofertas bancárias, verificando linhas de crédito que se adéque ao seu perfil;
  • Fique a par dos documentos solicitados pela instituição financeira e construtora;
  • Jamais se arrisque em comprometer mais do que 30% de sua renda ao financiar apartamento na planta;
  • Evite que seu nome entre nos órgãos de proteção ao crédito;
  • Tenha um excelente planejamento financeiro e esteja preparado para os custos adicionais.

Além de seguir essas dicas, veja a seguir onde você consegue financiar apartamento na planta.

Onde financiar apartamento na planta?

Diante inúmeras construtoras imobiliárias disponíveis no mercado, é normal ficar em dúvida sobre qual organização construirá seu apartamento com eficácia.

Pensando nisso, a escolha assertiva a ser efetuada é o Meu Primeiro Apê! Esta organização se responsabilizará em iniciar e concluir a sua obra.

O Meu Primeiro Apê é voltado à venda e financiamento de apartamento na planta, antes mesmo de ter estabelecido o primeiro contato com o cliente.

Essa empresa, vai deixar à sua disposição todas as informações a respeito do investimento, como: 

  • Compra;
  • Financiamento;
  • Taxas;
  • Dentre outros dados.

Além disso, no site é possível encontrar os melhores imóveis sem que você gaste tempo procurando.

Produtos e serviços

Logo, se a sua finalidade é a de financiar apartamento na planta, pode contar com o Meu Primeiro Apê! Veja abaixo o que essa empresa tem a lhe oferecer:

  • Venda de apartamentos em diferentes estágios de construção;
  • Simulação aberta de condições de financiamento;
  • Cadastro de imóveis feito pelas corretoras.

Além de ter ficado por dentro sobre os processos associados à construção e o financiamento de apartamentos, agora, você sabe que também pode contar com os produtos e serviços do #MPA! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.