fbpx

É possível montar um jardim para apartamento? Aprenda agora!

7 minutos para ler

Mesmo que você não more em uma casa com quintal enorme ou aqueles “terreiros” de vó, com horta e pomar, saiba que não é preciso abrir mão do sonho de ter um jardim. Você pode ter um jardim para apartamento. Afinal, para além da beleza e do requinte, contar com a presença de flores e plantas (ou uma pequena horta de temperos e folhinhas) faz muito bem à saúde.

Mas como ter um jardim para apartamento? Quais são as melhores opções e os cuidados necessários? Por onde começar?

Se você é dessas pessoas que adoraria contar com um cantinho florido no apê, mas não tem a menor noção de como colocar a ideia em prática, venha com a gente! Vamos contar tudinho sobre o tema a seguir!

Jardim vertical

Jardim para apartamento formato suspenso

Você quer um jardim para apartamento, mas não encontra espaço? Então, use as paredes e faça um jardim vertical. O ideal é escolher uma parede com boa ventilação e iluminação adequada.

Quanto à estrutura, é possível adotar o estilo “faça você mesmo” ou uma das diversas opções prontas das casas especializadas em jardinagem. Por ser uma tendência em alta, você encontra alternativas para todos os gostos e bolsos — desde projetos assinados por decoradores famosos até os confeccionados com materiais reciclados, como:

  • Madeira de demolição;
  • Pallets;
  • Treliças;
  • Garrafas PET;
  • Canos de PVC;
  • Grades de janela;
  • Painéis especialmente feitos para acomodar plantas.

Vale lembrar que, independentemente do material adotado, esse tipo de estrutura é mais adequado para abrigar plantas de pequeno e médio porte.

Jardim no peitoril

Outra boa saída para quem tem pouco espaço é aproveitar o peitoril das janelas. Isso vale especialmente para os casos em que não é possível encontrar uma parede com boa iluminação e/ou ventilação.

Use pequenas plantas e vasinhos. Assim, você não corre o risco de reduzir a visibilidade, derrubá-las ou danificá-las ao abrir e fechar as janelas. Nesses casos, também é fundamental observar a exposição ao sol.

Outros fatores que devem ser considerados são as regras do prédio ou condomínio em que fica seu apartamento. Algumas edificações têm restrições bem rígidas quanto à interferência no visual externo.

Jardim suspenso

Versátil, criativo e despojado: é assim que vai ficar o ambiente da sua sala com um jardim suspenso. Samambaias, arara-verde e as chamadas “Air Plants” (que sobrevivem sem terra) são as melhores opções para compor o espaço. Os vasos e xaxins podem ser presos no teto por cordas, correntes e ganchos.

Mas fique atento, pois vasos pesados ou grandes demais são inadequados para esse tipo de estrutura. Por fim, posicione-os em uma altura adequada para que as plantas sejam cuidadas e de modo a não prejudicar a circulação.

Jardim em área privativa

Se o seu apartamento conta com uma área privativa ou cobertura, o céu é o limite. Você pode usar e abusar da criatividade, seja para um jardim horizontal ou na vertical. Invista em vasos grandes e canteiros compartilhados, móveis de demolição, material reciclado ou pallets.

O mais importante é não se esquecer da harmonia com a decoração do espaço. Caso haja churrasqueiras ou refrigeradores instalados no mesmo local, lembre-se disso na hora de posicionar seus vasos e canteiros.

Jardim dentro de casa

Ainda que você não conte com nenhuma área externa, é possível ter um jardim. Afinal, poucos ambientes são tão encantadores quanto uma varanda com ares de jardim, certo?

Nesse espaço, o jardim pode ser disposto tanto na vertical quanto na horizontal, desde que bem observada a incidência de luz e calor. Além disso, vale a pena investir em vasos dispostos nos móveis, como mesas de canto ou aparador.

Por mais que possa parecer inusitado a princípio, a cozinha e o banheiro também são bons espaços para abrigar alguns tipos de planta. Camomila, hortelã, menta, salsa, cebolinha, manjericão e outras espécies comestíveis, além de embelezarem o ambiente, garantem sabor e saúde à mesa.

Já para os banheiros, o ideal é usar as plantas aquáticas. A alface-d’água, a ágape e as zontas são boas opções.

Dicas para não errar na construção do seu jardim para apartamento

Pronto! Definindo um ou mais locais no seu apartamento e o tipo de jardim a ser feito, você já pode colocar as mãos na massa. Mas, para o sucesso do seu projeto, também é importante tomar alguns cuidados. Confira nossas dicas!

Planejamento

Leve em consideração desde o local onde deseja implantá-lo até o orçamento final, passando por uma pesquisa sobre quais são as melhores plantas. Pense também no espaço que o hospedará e em suas preferências pessoais. Não se esqueça de avaliar, ainda, suas habilidades para jardinagem e o tempo que tem disponível.

Pesquisa

Invista um bom tempo em sua pesquisa. Visite lojas especializadas e converse com profissionais ou amantes da jardinagem.

Luz e ventilação

Observe a incidência de luz e as condições de ventilação do local escolhido. É importante lembrar que cada planta ou flor tem necessidades diferentes, inclusive no que se refere à exposição solar, à ventilação e à umidade.

Local

Evite construir seu jardim para apartamento em áreas pelas quais transita apenas raramente. Além de esconder a beleza das plantas, isso aumenta (e muito) a possibilidade de que você se esqueça de regá-las adequadamente no dia a dia.

Pets

Se você tem animais domésticos, evite abrigar seu jardim ou sua horta nos locais acessados por eles. Muitos pets tendem a derrubar vasos. Além disso, alguns se divertem “esburacando” a terra e mesmo se alimentando de folhas ou flores.

Ferramentas

Adquira um “kit de jardinagem” (não precisa ser nada sofisticado). Para começar, uma pá pequena, um borrifador, um regador, um rastelo e uma tesoura de poda são suficientes.

Sementes e mudas

Dê preferência para mudas de boa qualidade e sementes de alimentos orgânicos, que terão maior chance de serem replantadas com sucesso. Além disso, é fundamental tomar cuidado com a qualidade do adubo e da terra.

Por fim, mas não menos importante: tenha paciência. Construir um jardim para apartamento pode ser realmente fácil e muito prazeroso. No entanto, é natural levar algum tempo até que suas plantas fiquem bonitas e viçosas. Já pensou colher sua própria salsinha ou cebolinha? Tenha tranquilidade para esperar o tempo certo!

Pode ter certeza de que vai valer a pena. Além de excelente hobby (praticamente uma terapia), ter um jardim para apartamento faz bem à saúde e à alma.

Agora, para receber mais dicas sobre como deixar sua casa bonita e saudável, basta cadastrar seu e-mail na caixinha azul ao lado direito da tela. Você vai receber conteúdos de qualidade diretamente na sua caixa de entrada!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-