Consórcio ou financiamento imobiliário? Quais as diferenças e como escolher o melhor

Consórcio ou financiamento imobiliário? Quais as diferenças e como escolher o melhor

A aquisição de uma casa própria faz parte do sonho de muitos brasileiros e, boa parte destes, somente conseguem torná-lo real parcelando a compra do imóvel. Assim, diante da possibilidade de financiar um bem, surge a dúvida: consórcio ou financiamento imobiliário?

Apesar dessas duas modalidades apresentarem a mesma finalidade, sendo a de viabilizar a compra imobiliária, há distinções essenciais entre ambas e que requerem uma análise minuciosa na hora de tomar qualquer decisão.

Então, se você  quer ficar por dentro do assunto para assim obter assertividade em relação ao consórcio ou financiamento, descubra a seguir como funcionam essas modalidades imobiliárias e o que é preciso considerar antes de promover a assinatura de seus contratos. 

Consórcio ou financiamento imobiliário: como funciona cada modalidade

Tanto o consórcio quanto o financiamento são alternativas voltadas a compra de bens, como, apartamento, casa, terrenos e até ao empreendimento na reforma de um imóvel.

Embora o consórcio ou financiamento imobiliário contenham pontos similares, ambos se diferenciam quanto à contratação e, a longo prazo, ao âmbito financeiro.

Pensando nessas diferenças, reunimos abaixo o que distingue tais modalidades imobiliárias. Confira!

Consórcio imobiliário

O consórcio imobiliário diz respeito a um grupo de pessoas que se juntam com a mesma finalidade, sendo a de comprar/financiar um imóvel (casa ou apartamento na planta).

As parcelas pagas por cada membro desse grupo são destinadas a um fundo e, todo o mês, ocorre um sorteio do valor que corresponda ao que foi acordado em contrato.

Assim, é por meio desse sorteio mensal que se define quem será contemplado com a carta de crédito, documento este que viabiliza a compra do imóvel.

Etapas do consórcio imobiliário

O funcionamento de um consórcio imobiliário se dá em 8 passos. São eles:

  1. Formação do grupo: o grupo é formado por uma administradora de consórcios que possua aval do Banco Central. Desta forma, dá-se início aos trâmites de vendas e cotas.
  2. Como ser integrante do grupo: a participação em um grupo de consórcio exige que o interessado tenha uma cota, para que deste modo contribua com a quantidade que a equipe necessita acumular.
  3. Valor da contribuição: cada membro que compõe o grupo, mensalmente deve pagar à administradora o valor da parcela que ficou combinada.
  4. Taxa de administração: além de valores referentes a seguros e fundos de reserva, o participante precisa arcar com as taxas de administração da empresa gestora.
  5. Sorteio mensal: os sorteios mensais dão início assim que uma quantidade mínima de pessoas tiver feito adesão ao plano que está sendo ofertado.
  6. Funcionamento dos lances: com a finalidade de aumentar suas chances, o participante pode efetuar lances. Assim, ao fazer um lance de R$ 50 mil, em vista de uma carta de crédito no valor de R$ 200 mil, caso seja contemplado, você receberá uma carta de crédito de R$ 150 mil. Quanto maior o lance, maior a chance de ser sorteado.
  7.  Carta de crédito: a pessoa sorteada tende a receber uma carta de crédito para ser utilizada na aquisição do imóvel. Entretanto, antes disso, a administradora sujeitará o participante contemplado à análise de crédito visando saber se ele terá condições de honrar as parcelas do consórcio.
  8. Compra do bem imobiliário: após passar por toda análise documental, avaliação e aprovação do crédito imobiliário e análise do imóvel que o participante pretende adquirir, ele pode efetuar a compra de seu imóvel.

Financiamento imobiliário

Essa modalidade se trata de um produto que as instituições financeiras ofertam. Deste modo, com o financiamento imobiliário você tem a permissão de solicitar um empréstimo e comprar o imóvel, pagando a instituição financeira por meio de parcelas.

Etapas do financiamento imobiliário

Assim como  o consórcio, o financiamento imobiliário também é constituído por etapas, as quais são:

Contratação: adjunto à instituição financeira, você faz a solicitação do financiamento imobiliário, desde que apresente documentos, como, CPF e RG, comprovantes de estado civil, dentre outros. Na contratação é necessário informar o valor que deseja obter, bem como preencher uma ficha cadastral.

Análise de crédito: o banco promove uma análise de crédito com o intuito de saber se o cliente tem capacidade de pagar a dívida que está prestes a adquirir e, sobretudo, encontrar se há alguma inadimplência no âmbito comercial.

Compra do imóvel: diante a aprovação do empréstimo, o bem é quitado pela instituição financeira, que efetuará o pagamento diretamente ao vendedor. A partir de então, conforme o tempo estabelecido em contrato, você ficará responsável em efetuar o pagamento das parcelas da dívida.

Valor de entrada: geralmente, é estipulado que a entrada de um financiamento imobiliário seja de 20% sobre o valor do imóvel.

Consórcio ou financiamento imobiliário facilitado pelo Meu Primeiro Apê

É bem comum se perguntar sobre consórcio ou financiamento imobiliário na hora de construir, bem como outros questionamentos que dizem respeito a essa modalidade de compra.  

Por isso, é fundamental a contratação de uma construtora que apresente uma equipe de especialistas altamente qualificados, profissionais que acompanharão a obra desde o começo até a sua conclusão. Neste caso, você pode contar com o Meu Primeiro Apê, organização que fornece esse tipo de suporte e, ainda por cima, sem cobrar custo adicional!

O processo construtivo dá início com a escolha de financiamento que melhor cabe em seu bolso. Assim, após você escolher uma linha de crédito, todas as etapas atreladas ao financiamento imobiliário ficam por conta do Meu Primeiro Apê.

Imóveis financiados com o Meu Primeiro Apê

Ao financiar um imóvel, você estará empreendendo na construção de um bem que atenderá às suas necessidades presentes e que, futuramente, trará benefício às gerações futuras — os seus filhos e até netos.

Assim, é de extrema importância escolher uma excelente construtora, organização que assegure que o empreendimento imobiliário superará as suas expectativas.

Deste modo, se você quer obter êxito no que diz respeito ao financiamento imobiliário, tendo como base a sua renda, a forma assertiva de fazer isso é contratando o Meu Primeiro Apê!

Produtos e serviços

Além de ter acesso às informações acerca de assuntos relacionados ao âmbito imobiliário (financiamento e taxas), com o Meu Primeiro Apê você consegue comprar apartamento ainda na planta.

E para isso, basta que você tenha algum aparato digital com acesso à internet para poder analisar os produtos e serviços disponíveis no site www.meuprimeiroape.com.br

Ao acessar esse site, você pode simular os valores de entrada e de parcelas do imóvel avaliado.

Quer entender ainda mais o assunto? Confira a seguir o que o Meu Primeiro Apê tem a oferecer:

  • Venda de apartamentos em diferentes estágios de construção;
  • Simulação aberta de condições de financiamento;
  • Cadastro de imóveis feito pelas corretoras.

Além de ter ficado por dentro sobre como funciona o consórcio e financiamento imobiliário, agora você sabe que os produtos e serviços do Meu Primeiro Apê estão à sua espera!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.